Motivos de Discussão de Casal

Saiba quais são os principais motivos de discussão de casal, e assim, poderá evitá-los e permitir que seu relacionamento dure por toda vida!

1. Não Aceitar as Diferenças

Por mais que a ideia seja casar e os dois viver em um só corpo e em um só espírito, ainda assim é necessário considerar que existem diferenças entre ambos.

Essas diferenças devem haver justamente para poder os dois se autocompletarem. Porém, quando isto não é reconhecido no relacionamento, certamente será um dos motivos de discussão de casal.

É interessante que você evite problemas simplesmente não forçando a barra imaginando que o parceiro ou a parceira deve pensar e agir exatamente como você. Aceite as diferenças!

2. Deixar a Relação Cair na Mesmice

A rotina pode ser algo difícil de lidar em um relacionamento, ao tempo que ela pode ser capaz de motivar discussões entre o casal.

Se você ou seu parceiro ou parceira se envolve na mesma rotina todos os dias, certamente haverá desgastes e fadigas em ambos, é aí onde a relação irá cair na mesmice.

É importante com vistas a evitar a discussão de casal que vocês procurem renovar o casamento, em vez de procurar o novo casamento.

Co

3. Deixar se Levar pelo Ciúme

Um dos motivos de discussão de casal é o ciúme, e este causa um desentendimento que irá gerar muito sofrimento dentro da relação.

A regra número um é que você jamais provoque o ciúme em seu parceiro ou parceira, e além disso, saiba que todas as inseguranças no relacionamento devem ser superadas com uma boa dose de comunicação.

4. Problemas Financeiros

Os problemas financeiros também estão entre os principais motivos que levam casais a se desentender. É comum observarmos crises no relacionamento exatamente quando está havendo uma desorganização financeira na vida do casal.

A falta de dinheiro pode desencadear desentendimentos destrutivos. O ideal é que ambos planejem juntos os rumos de suas finanças, pois assim além de evitar brigas, terão uma vida mais tranquila financeiramente.

5. Baixa Libido

A baixa libido conduz a diversos problemas, dentre eles a discussão de casal. Outros também que podem ser citados é o esfriamento da relação, e até mesmo a traição.

É preciso saber que em um relacionamento de casamento não poderá ter votos de castidade, e o sexo deve ser parte da rotina normal do casal.

Se a baixa frequência nas relações sexuais está sendo motivada pela baixa libido, então é interessante procurar uma solução. Comece descobrindo o que pode estar gerando esse estado.

6. Palpites Familiares

Não deveria ser, mas, a verdade é dura e precisa ser dita: A família pode ser um dos motivos de discussão de casal, e isso acontece quando os familiares se intrometem demais na vida do casal.

Se isto estiver acontecendo, é interessante que o parceiro o qual a família está se intrometendo converse com todos para que se mantenham em seus devidos lugares, pois caso contrário, poderão despedaçar a sua relação de casamento.

7. Viver de Trabalho

É certo que todas as pessoas precisam trabalhar para se manterem vivas. Por outro lado, é importante entender que não é apenas de trabalho que se vive.

Um dos motivos que levam casais a se desentenderem são as questões relativas ao trabalho. Pode ser que um ou outro fique trabalhando até mais tarde frequentemente, ou que a única coisa que comenta é sobre o trabalho.

É importante haver uma conciliação e equilíbrio entre a sua vida profissional e a vida pessoal, pois ambas possuem desejos e sabores próprios.

Você deverá pensar na possibilidade de mudar de emprego ou de mudar a sua rotina. Se isto for impossível, então é bom analisar se essas questões perdurarão por algum tempo apenas, e assim, poderá dar um prazo para o parceiro ou parceira sobre o momento que a situação retornará para uma vida normal.

Você gostou deste post?

Conseguiu tirar todas as suas dúvidas sobre os motivos que levam os casais a brigarem? Pois então compartilhe para ajudar outras pessoas!

Benefícios Fiscais de um Casal

A partir da geração de um terceiro filho, o casal poderá obter alguns benefícios fiscais, os quais poderemos conhecer na sequência.

1. Indexante dos Apoios Sociais

Com um terceiro filho, o casal poderá deduzir cerca de 40% do valor que a OE fixa para o indexante dos apoios sociais, o que pode vir a ser recebido o montante de quase 200 Euros por cada filho.

Vale destacar que este montante poderá atingir o dobro do valor até o filho do casal atingir a faixa etária dos 3 anos.

2. Despesas com Educação

Ao casal que possui três ou até mais filhos, as despesas que tem de pagar em relação à educação e a formação deles, correspondem a 30% do IAS, isso para cada filho.

Destaca-se que, embora sejam dedutíveis 30% do sujeito e também dos seus filhos, existe o valor máximo de 160% que poderá ser deduzido do IAS. Este poderá ser elevado em 30% referente a cada filho do casal.

3. Abono de Família

O casal com mais de três filhos também faz jus ao abono de família que chega a quase 100 Euros por cada filho. Esses valores dependerão da idade da criança, que poderá ser considerados os meses pré-natal, os de 0 a 12 meses, e os que possuem idade de um ano ou mais.

4. Incentivos aos Veículos

Segundo a lei 68/2015, as famílias que possuem bastante filhos recebem benefícios em relação ao Imposto sobre Veículos.

Assim, desde 2016 todas as famílias que comprovem ter três filhos ou mais, sendo considerado que dois deles precisam ter até 8 anos, usufruem de um desconto no Imposto sobre Veículos.

Quando a família adquire os monovolumes, que são os veículos com mais de 5 lugares, elas se beneficiam de uma isenção de cerca de 50% do Imposto sobre Veículos.

5. 5% na Dedução do IRS

Quando o assunto é imposto sobre o rendimento de pessoas singulares, o IRS, então as famílias que possuem três filhos ou mais também são beneficiadas com regras apropriadas para elas.

Assim, na dedução da coleta, o casal possui o benefício fiscal de majorar 5% em todo o limite da dedução, e o bom, é que isso poderá ser feito para cada filho ou dependente.

6. Benefícios Fiscais na Casa

Quando o assunto é o imposto municipal sobre imóveis, o IMI, o casal também tem benefícios próprios previstos nas legislações específicas das câmaras.

Dessa forma, a lei permite que cada Câmara reduza a taxa de imposto municipal, desde que a casa em questão seja destinada à sua habitação, e lá seja aonde encontra o casal habitualmente.

A taxa prevista em lei é sempre fixada, sendo que a redução será de 20 Euros para casais com um filho, de 40 euros para dois filhos, e por fim, de 70 euros para casais que possuam três ou mais filhos.

Na atualidade, são mais de 225 autarquias que estabeleceram a taxa fixa reduzindo para o imposto municipal pago por esses casais.

7. Benefícios também na Água

Ao que diz respeito as questões municipais, também foi estabelecida a tarifa familiar de água, e assim são consideradas as quantidades de pessoas em relação ao consumo de água.

As regras levam em consideração a escala de consumo e sua relação com a quantidade de pessoas na casa, ou ainda, descontos fixos para casais que possuam três ou mais filhos sobre sua dependência.

Atualmente já chega a quase 200 cidades que estabeleceram a tarifa familiar de água para seus habitantes.

Esses são os principais benefícios fiscais de um casal que possuam, especificamente, três ou mais filhos. Observe que, em conjunto, esses benefícios se tornam bem abrangentes.